Com diálogos e ações pedagógicas, Grupo Crescimento trabalha o Mês da Mulher

Alunos do Ensino Fundamental Anos Finais da Escola Crescimento realizam atividades sobre linha do tempo da mulher no mercado de trabalho no Mês da Mulher.

Mais que uma data comemorativa o Dia da Mulher é um manifesto de lutas e conquistas sociais, que deve ser reafirmado a partir de discussões em sociedade, principalmente entre as crianças e os jovens. Pensando nisso, a Escola Crescimento e a Maple Bear São Luís promoveram, durante todo o mês de março, ações pedagógicas que reafirmassem a importância do papel da mulher em sociedade e de incentivo para debates sobre as questões de direitos das mulheres, equidade de gênero e empoderamento feminino.

Ao longo do mês, foram realizadas atividades com os estudantes com temas relacionados à mulher no mercado de trabalho, violência doméstica, rodas de conversas e debates sobre grandes personalidades em níveis regional, nacional e mundial que pudessem inspirar alunos e alunas a construírem um mundo melhor e mais humanos para as mulheres.

As atividades foram realizadas a partir de processos de aprendizados, desde a conscientização das temáticas com as discussões e debates até as produções artísticas, de murais vivos, contações de história, encenações entre outras com o objetivo de motivar os alunos a olharem para a história das mulheres com valor e respeito. Além disso, foi um momento para trazer as representatividades femininas, como na atividade dos estudantes do ensino fundamental que trabalharam com a linha do tempo da mulher no mercado de trabalho, trazendo as primeiras profissões que as mulheres puderam exercer, a evolução do mercado e os grandes nomes na história.

O professor de Laboratório Inteligência de Vila (LIV), Maycon Santos, explicou que a partir do entendimento de que o Dia Internacional da Mulher representa a conquista das mulheres, a luta pela igualdade nos direitos, foi possível chamar atenção para a atuação da mulher no mercado de trabalho. “As ideias foram surgindo a cada encontro, por meio das discussões e interações em sala de aula, dando vida à linha do tempo”, afirmou. A Maple Bear São Luís, na oportunidade, realizou uma roda de conversa entre os alunos do 3º ano do ensino médio e a gerente do Setor de Tecnologia da empresa Vale, Emanuela Ramos, primeira mulher responsável por projetos de soluções de problemas dentro da empresa, no Brasil. Durante o bate-papo, a gerente conversou sobre sua vivência como mulher na área de tecnologia, e sobre sua trajetória no mercado de trabalho.  Também foram discutidas as contribuições que a equipe do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) trouxe para a escola em ambientes virtuais, permitindo uma ampla participação dos alunos durante o período pandêmico, com participação ativa da coordenadora de tecnologia educacional, Melissa Acácio.